Timing é tudo: trabalhando acontecimentos políticos e posicionamento de marca

A publicidade não é apenas uma ferramenta de argumento de compra. Através dela, com campanhas bem pensadas e bem trabalhadas, marcas conseguem estabelecer conversas com o publico, interagindo e utilizando assuntos comentados do momento buscando cada vez mais espaço na mente de consumidor.

Continue reading “Timing é tudo: trabalhando acontecimentos políticos e posicionamento de marca”

Anúncios

A crise deve estar do lado de fora

Crise econômica, sinal de alerta, pé no freio. O momento é turbulento. Ouve-se a todo momento “corte de gastos”, “redução de investimentos” e, em alguns casos, “redimensionamento do organograma”. Entretanto, é fundamental não trazer a crise do país para dentro da empresa. É importante saber o que está havendo, porém, é ruim levar o assunto para dentro da empresa, que é composta por pessoas, e que podem não se sair bem diante de situações conturbadas. Isso afetará a produtividade e comprometerá o resultado final.

Apesar de tudo, é essencial buscar novas frentes de negócio, ser criativo para aumentar o número de clientes e estreitar o relacionamento com os antigos. A promoção de eventos, neste caso, é uma ação, ou várias ações comprovadamente eficientes para atingir esses objetivos. Estrategicamente é importante que a ferramenta, o Live Marketing: Evento, seja considerado com muita atenção. A realização de um evento vem de encontro com a movimentação do mercado. Apesar da crise, tudo continua caminhando.

Os eventos trazem inúmeros benefícios: geram motivação interna e colaboração dos funcionários para campanhas de vendas e novos projetos; fortalece a marca, pois as empresas podem mostrar o quanto são inovadoras, seguras, criar uma imagem positiva, desmistificar outras, trazendo um ótimo retorno financeiro; são ótimas oportunidades de se criar networking; dá visibilidade, pois as pessoas e os (futuros) clientes passam a reconhecê-la mais facilmente; é o momento ideal para lançar produtos ou serviços, tirando dúvidas diretamente com os idealizadores dos mesmos, e ainda proporcionar à empresa o feedback dos consumidores quase instantaneamente – assim é possível analisar o que está dando certo e o que pode ser aprimorado, e por fim, compras e vendas.

Os focos dos eventos podem ser os mais diversos, porém, sempre buscam relacionamento, promoção, aprendizado e engajamento entre os envolvidos. Lembre-se: crise, somente do lado de fora! A imagem a ser passada para si mesmo, seus funcionários e clientes é: “estou forte, seguro e estável”.

 

Saiba mais como podemos te ajudar nisso: acesse nosso site.

Fonte – Comunique-se

Você já teve um Insight hoje?

Conquistar não só os clientes mas também todos os outros públicos com os quais a empresa se relaciona está cada vez mais difícil e com isso, a exigência por criatividade e inovação está muito maior.

Um insight pode ser definido como a captação da natureza interna das coisas, ou seja, é a intuição. Um bom insight joga a concorrência para longe, pois este se torna um diferencial em relação a ela.
Entretanto, aqui vai um alerta: nem todas as grandes ideias podem ser consideradas como um insight, pois ela precisa ser executável e adequada ao objetivo, público e, em muitos casos, a verba da empresa.

Abaixo mostraremos os três tipos de insight para você saber onde os seus geralmente se enquadram:
Superficial Insight: é bastante lógico, porém pouco instintivo. Refere-se a uma informação sobre público-alvo que não se tinha conhecimento antes.

Under Insight: vai além do lógico, passa a ser emocional. Este explora o interior da mente do público-alvo, e é algo que gera um diferencial muito importante em relação à concorrência.

Deep Insight: este possui componentes simbólicos e biológicos. Se refere às informações contidas no subconsciente do público-alvo, vai além da emoção. É o essencial para as marcas globais.

A Tcomunica deseja compartilhar seus insights com os clientes, para tornar a comunicação cada vez mais inovadora e eficaz. Fique de olho!

Equipe Tcomunica.